O que é marketplace?

porThamyres Rodrigues

O que é marketplace?

Já se pegou navegando em sites grandes como Casas Bahia, Americanas ou Submarino e de repente apareceu uma oferta de um produto de uma outra empresa? Bom, então você já se deparou com marketplace!

Para não restar dúvidas, neste artigo iremos abordar o que é, como funciona e de que modo você pode se beneficiar com essa prática vendendo mais e gerando mais credibilidade para a sua marca.

O que é marketplace?

É um shopping virtual onde você encontra uma diversidade de produtos de empresas diversas. Como citado inicialmente essa prática pode ocorrer dentro de sites de grandes empresas, onde vários lojistas podem se cadastrar em começar a vender.

Para simplificar podemos comparar um market place a um shopping center, ambos os casos se encontram em um único local onde muitas lojas fazem sua oferta ao cliente que se encontra no exato local.

Dentro desse “shopping” nós temos três categorias a administradora, que é a empresa que presta o serviço divulgando seus produtos e sua empresa neste shopping.

Em seguida nos temos o fornecedor (sua empresa) que ficará responsável pelo cadastro de produtos, atendimento, entrega e pós vendas.

E por último o integrador financeiro que será o intermediador das transações (Ex: Pagseguro, Bcash, Paypal, etc), que garantirá a segurança entre vendedor e comprador.

Vantagens para a sua empresa:

– Alavancar suas vendas pela internet
– Ganhar mais visibilidade
– Confiança e boa reputação perante os clientes
– Reduz custos (Investimentos em marketing e tecnologia por exemplo)

Vantagens para o cliente:

– Praticidade: Comprar diversos produtos de empresas diferentes
– Não precisar navegar em vários sites para encontrar o que precisa
– Pagar um único frete por isso

Como inserir minha marca em um MarketPlace?

Antes de tudo pergunte se sua empresa está pronta para dar este passo.
Faça as seguintes análises:

  • Será algo lucrativo para o seu negócio?
  • Se seu objetivo for aumentar o número de vendas. Compensa reduzir a margem de lucro?
  • Você tem capacidade de suprir a demanda (atendimento, produção, logistica)?

Estando seguro de sua decisão, busque administradoras de marketplace e em seguida após escolher aquele que lhe mais passou confiança, basta fazer um cadastro prévio de sua empresa e dos produtos a serem divulgados.

Comece com um portfólio pequeno e uma boa disponibilidade de estoque!

É importante lembrar que para iniciar será preciso preencher vários documentos e passar por uma homologação da sua loja. È um processo tanto quanto demorado, mas que compensa!

Nesta parceria é importante que você se atente as políticas contratuais, já que o marketplace receberá uma comissão sobre suas vendas e também as normas estabelecidas para não ser punido e manchar sua reputação.

Com base no tipo de divulgação solicitado no cadastro, você visualizará que quanto maior a visualização, maior será a comissão recebida pela administradora. Então avalie a viabilidade financeira.

Não é e-commerce!

Embora muitas pessoas confundam estes dois conceitos, saiba que são coisas distintas. Diferente do e-commerce, você poderá ampliar sua variedade de produtos, segmentando e direcionando-os a cada perfil de cliente.

Além disso para o crescimento de sua loja virtual é preciso financiar o estoque, equipe, infra-estrutura e etc, enquanto os marketplaces realizam o processo de modo mais ágil e não exigem mais do que você se propôs a pagar.

Basicamente funciona assim:

Marketplace

  • Realiza a intermediação do Negócio (Impulsiona a venda)
  • Não possui estoque centralizado
  • Investimento relativamente baixo
  • Promove sua marca através de marketing, publicidade e propaganda sem exibir sua marca, mas sim os seus produtos, tudo incluso na contratação do serviço.

E-Commerce

  • É responsável pela compra de produtos e sua venda (marketing)
  • Possui um estoque centralizado
  • Necessita de investimentos em infraestrutura, equipe, etc.
  • Fica ao seu cargo todo e qualquer investimento de marketing.

Como escolher o melhor marketplace?

  1. Escolha uma plataforma que esteja mais alinhada com o tipo de produtos que você comercializa e que permita apresentar a reputação da sua marca e trazer credibilidade ao cliente.
  2. Confira se o mesmo oferece serviços complementares como emissão de NF-e, contrato com os Correios e também controle de estoque.
  3. Se a tecnologia utilizada é de ponta, consegue lidar com grande volume de dados. Fica com grande ou pouca frequência fora do ar.Faça uma pesquisa e pergunte para quem anuncia antes de tomar a decisão final!
  4. Além disso consulte se eles oferecem algum tipo de suporte, como funciona. Isso já será perceptível no primeiro atendimento.
  5. A equipe de vendas tem expertise no setor? Eles entendem de vendas online em marketplaces ou são aventureiros?

Esses são alguns pontos que você pode começar a avaliar além das políticas de comissionamento. Lembre-se que a qualidade do atendimento e credibilidade da empresa são fatores que devem ser levados em conta além do preço.

Bom, se você gostou deste conteúdo compartilhe-o com seus amigos! Se vai iniciar essa jornada, desejamos que faça ótimo negócios.

Precisando de auxilio para divulgar seu negócio, conte com a Lynx Comunicação.

Conheça o nosso trabalho e nos siga nas redes sociais!

Facebook | Instagram Youtube | Linkedin Google+ 

 

Sobre o Autor

Thamyres Rodrigues author

Bacharel em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Apaixonada por filmes, séries, dança e livros de romance e aventura.

Venda mais com o Marketplace do Facebook | Lynx ComunicaçãoPostado em6:31 pm - fev 14, 2018

[…] queira se aprofundar no assunto confira o artigo sobre “O que é marketplace?” clicando no link […]