Como um mascote transforma sua marca?

porThamyres Rodrigues

Como um mascote transforma sua marca?

Se a sua empresa busca uma forma de gerar relacionamento e simpatia com os seus clientes e possíveis clientes, aderir a um mascote pode ser uma ótima pedida para o seu negócio.

Sadia, Mc Donald´s, M&M´s, Bombril e Assolan são exemplos reais de como um mascotinho carismático auxilia na venda da marca e do produto e fica marcado pra sempre na mente de quem se afeiçoa com o seu negócio.

O que é um mascote?

Um mascote é o garoto-propaganda de uma marca, ele pode ser representado por um desenho ou animação, pessoa, boneco, um animal ou objeto. Este será o representante da sua marca visando gerar uma identificação com o seu público de atuação.

Há marcas como KFC por exemplo que utilizam de seu “mascote” no próprio logo para representar a marca, mas isto não é uma regra, tendo em vista que as empresas citadas anteriormente não utilizam de seus mascotes desta forma, mas sim em sua identidade visual.

Benefícios

Se você está na dúvida se deve ou não adotar um mascote para a sua empresa, confira algumas vantagens:

• Intermediador da marca
• Diferencia sua empresa de seus concorrentes
• Potencializa a fixação de sua marca
• Torna a marca mais forte e humanizada
• Gera empatia e cria interação
• Fixa a identidade da empresa na mente do consumidor

Por que um mascote pode auxiliar meus negócios?

O carisma de um personagem pode ser essencial para que o público encare a empresa de uma forma diferente, mais sutil ou divertida. Quem nunca associou uma marca por uma representação da mesma?

Utilizando deste personagem é possível angariar mais fãs e adaptá-lo a diversas situações que gerarão mais engajamento para a sua marca e é claro que você poderá utilizar da criatividade para abordar seus clientes com mais leveza.

Casos de sucesso:

Lequetreque - Sadia

Imagem: Coffeetd

Lequetreque – O Peru da Sadia:

Criado em 1970 quando a empresa fazia suas primeiras aparições nas telinhas, ofertando seus produtos congelados, temperados e que eram rápidos de serem preparados.

O peruzinho surgiu para representar o assistente da dona de casa que precisava de uma mão na cozinha.

Com muito carisma e meio desajeitado foi ganhando confiança e se tornou um fenômeno entre os fãs da marca, que participaram da escolha do nome do personagem e passaram a associar a ave como uma representatividade da marca.

Carlos Moreno

Créditos/Imagem: Estadão

Carlos Moreno – O garoto-propaganda da Bombril:

Há 40 anos representando a marca de palha de aço, o ator esteve ao lado da marca desde 1978. Retratado como um expert em limpeza que explicava as mil e uma utilidades do Bombril para a dona de casa, uma figura alegre e agradável que cativava a marca e convencia o público da eficiência dos produtos.

O sucesso do garoto-propaganda foi tão grande que ele conquistou o título no Guiness Book do “mascote” que marcou maior presença em uma marca.

Louro José - Mais Você

Imagem: Ana Maria Braga – Globo

Louro José – Papagaio do programa Mais Você

Mais um personagem que fez sucesso e ainda se mantém nos dias de hoje. É quase impossível pensar na apresentadora Ana Maria Braga, sem o seu parceiro cômico de todos os dias.

O personagem surgiu em 1997 para dar um tom mais alegre ao programa, contando piadas e por vezes descordando da apresentadora.

Este são alguns exemplos, tendo em vista que grandes empresas utilizam de mascotes para interagir com seu público-alvo.

Como criar o meu mascote?

Se você deseja criar o personagem perfeito para o seu negócio, entre em contato com a Lynx Comunicação para juntos desenvolvermos um trabalho especial e exclusivo para a sua marca.

Aproveite e acompanhe-nos nas redes sociais:
Facebook Lynx Comunicação  Youtube Lynx Comunicação   Linkedin Lynx Comunicação  Google + Lynx Comunicação   Instagram Lynx Comunicação

Sobre o Autor

Thamyres Rodrigues author

Bacharel em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Apaixonada por filmes, séries, dança e livros de romance e aventura.

Deixe uma resposta