Converta mais através do teste A/B!

porThamyres Rodrigues

Converta mais através do teste A/B!

Quando abordamos o nosso público mesmo com o conhecimento de seus gostos, nem sempre acertamos na forma de abordagem. O teste A/B surgiram como forma de auxiliar as campanhas que mais interessam aos clientes.

Certo, mas o que seria esse tipo de teste e como você pode aplicar isto na sua empresa?

Continue a leitura do artigo para saber do que se trata e de que forma e quando utilizar.

O que são os testes A/B?

Acalme-se você não precisará realizar experiências malucas para atingir o seu público-alvo.

Este tipo de teste consiste em realizar duas versões de páginas, campanhas, e-mail marketing, etc, visando descobrir qual delas apresenta maior taxa de conversão.

Ou seja, o teste é de um único elemento dentro da sua campanha para que se possa comparar o que traz mais resultados.

Desta forma você não fará mais suposições quando criar qualquer meio de divulgação para o seu negócio tomando decisões mais concretas e precisas.

Feedbacks pós teste

Uma das grandes vantagens de realizar os testes é ter um feedback real onde você poderá ter a certeza de qual título ou layout, por exemplo, é mais atrativo aos seus clientes.

O teste funciona basicamente distribuindo o arquivo A para um percentual de clientes e o arquivo B para outro percentual atribuindo ao relatório final o resultado de maior conversão.

Onde o teste A/B pode ser realizado?

O teste não possui uma exclusividade de ser usado apenas para um única coisa.

  1. E-mail marketing
    Pode-se criar duas versões com títulos diferentes para analisar qual deles é mais atrativo.
  2. Landing pages
    Comparar qual formulário ou layout de página é mais atrativo, mudando cores de botões, por exemplo.
  3. Anúncios nas redes sociais e links patrocinados
    Você pode criar formatos diferenciados para verificar qual tem mais aceitabilidade trocando título, descritivos de chamada ou imagens.

Existem infinitas possibilidades que lhe permitem realizar os testes, apresentamos apenas três para a sua compreensão.

Quando utilizar?

Se você tiver iniciando os trabalhos de marketing é ideal que não utilize no momento os testes A/B já que você não possui um histórico para determinar qual direção seguir.

Se o seu foco é medir a quantidade de cliques, abertura, conversões que hoje você identifica que não estão chegando no resultado esperado, utilizar essa estratégia para descobrir qual a forma que apresentará melhor desempenho.

Como testar?

É importante não realizar mais de uma mudança por vez para que você possa identificar o que chamou mais a atenção ou o que funcionou no teste A ou no teste B para repetir futuramente.

Como dissemos anteriormente você pode optar por diversos testes, alguns deles são:

  • Chamadas/títulos da página
  • Elementos de texto
  • Imagens
  • Layouts com ou sem depoimentos
  • Botões (cores, tamanhos ou chamadas do tipo: “Clique aqui”, “Download”, “Inscrever”, etc.)
  • Horários de envio
  • Diferentes tipos de call-to-action (CTA)

Passos para criar um teste A/B

  1. Suponha uma amostragem de pessoas a qual você destinará o teste A e o teste B.
  2. Crie as variações para a sua campanha com base nas orientações anteriores (sendo 1 único elemento variável).
  3. Mensurar resultados (Defina um KPI, ou seja, um parâmetro para medir, pode ser clique, impressões, número de leads, etc)

Ferramentas e recursos para monitoramento de teste A/B

Uma ferramenta gratuita e interessante para medir resultados é o Google Analytics, ali você conseguirá obter informações concretas.

Agora para campanhas de e-mail marketing nenhuma ferramenta é necessária já que você obtém um relatório completo após o envio de cada campanha.

Neste caso a amostragem é dividida em 50% por 50% de seus contatos e dentro de 1 à 3 horas você já consegue medir os resultados.

Da mesma forma ocorre com as landing pages onde uma variação aparecerá para um percentual de visitantes e vice-versa. A métrica pode ser realizada entre 15 à 30 dias devido ao tráfego de visitas.

Se ao passar 30 dias não obter resultados isso significa que sua campanha não foi efetiva.

Se você gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos.

Conheça o nosso trabalho e nos siga nas redes sociais!

Facebook | Instagram Youtube | Linkedin Google+ 

Sobre o Autor

Thamyres Rodrigues author

Bacharel em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Apaixonada por filmes, séries, dança e livros de romance e aventura.

O que NÃO fazer nas campanhas do Adwords? | Lynx ComunicaçãoPostado em6:19 pm - jan 12, 2018

[…] você ainda não tenha ouvido falar sobre os testes A/B, saiba que é de suma importância realizá-los para saber como atrair a atenção do seu […]

Deixe uma resposta