Como fazer análise SWOT?

porThamyres Rodrigues

Como fazer análise SWOT?

Em toda a ação que você vier a fazer para a sua empresa, é preciso ter um planejamento prévio para garantir que todas as etapas saiam de acordo com o objetivo esperado. Desta forma a análise SWOT pode ser uma ótima alternativa e ponto de partida para esquematizar suas ações.

O que é análise SWOT?

A sigla SWOT (Strong, Weaknesses, Opportunities e Threats) ou FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças) surgiu para identificar os fatores ocorrentes no ambiente interno e externo do seu negócio, visando uma análise sobre o que aprimorar e quais mudanças aplicar para resolver as situações que se encontravam negativas dentro da empresa ou no mercado de atuação.

Basicamente a matriz de análise SWOT, compila todas as informações em um formato que fiquem mais visível para a tomada de decisões.

Para inciar a análise vamos entender melhor como funcionam cada um dos quadrantes.

Forças:

Força é tudo aquilo que te impulsiona ou te dá energia  ou capacidade para fazer alguma coisa. Analisar este fator é muito importante para ajudá-lo a ver quantas coisas positivas você tem a redor de sua empresa e como pode ser até um diferencial para o seu negócio.

A primeira pergunta que você deve fazer é: O que fortalece o meu negócio?

  • As pessoas que estão ao seu lado ou mesmo sua equipe?
  • A tecnologia utilizada nos produtos ou serviços?
  • O seu ponto de venda que é bem localizado?
  • Sua clientela que é grande ou possui nome no mercado?
  • Ser uma startup no mercado?

Existe uma infinidade de perguntas que você pode se fazer para identificar tudo o que há de bom dentro do seu negócio.

Fraquezas:

Ainda analisando o ambiente interno, agora é preciso identificar aquilo que torna o seu negócio vulnerável e que você tem a consciência de que é preciso melhorar.

  • Comercializa apenas produtos sazonais?
  • Falta treinamento para a sua equipe?
  • Seus produtos pecam na qualidade?
  • Falta de gerenciamento no negócio?
  • Investe pouco em melhorias?

A questão agora é listar tudo aquilo que você encara como que precise ser melhorado. É claro que essa etapa é complexa e você precisará da opinião de sua equipe para identificar esses pontos.

Oportunidades:

Agora olhando para o mundo lá fora, o que seria possível de identificar como uma forma de transformar o seu negócio? A oportunidade nada mais é do que o momento da mudança positiva, uma ocasião para melhorar sua situação.

  • Atingir um novo nicho?
  • Utilizar tecnologias a seu favor?
  • Mudança na legislação?
  • Nova forma de trabalho?

Fique atento a tudo aquilo que acontece a sua volta, acompanhe notícias do seu ramo, jornais e até mesmo a legislação para identificar as oportunidades perfeitas para dar um “up” no seu negócio.

Ameaças:

Da mesma forma que há coisas que nos impulsionam, há certas situações que nos  desmotiva ou que nos brecam de fazer alguma coisa. As ameaças são tudo o que nos influenciam negativamente e podem nos prejudicar.

  • Vasta concorrência? Ex: Mercado chinês.
  • Custo de matéria prima muito superior a dos concorrentes?
  • Nova legislação?
  • Surgimento de uma nova solução mercadológica?
  • Perda de bons colaboradores?

Este é um ponto que se deve ter muita atenção e cautela para não prejudicar seu planejamento estratégico.

Porque devo utilizar a matriz SWOT?

Este planejamento será um diagnóstico para o seu negócio e deve conter dados reais da sua organização e se concentrar em um período de médio e longo prazo devendo ser adotada para auxiliar nas tomadas de decisões.

SWOTComo iniciar minha análise?

É importante fazer bastante pesquisas e tomar a concorrência como uma forma de fazer um comparativo, buscando sempre explanar melhorias. Para iniciar como mencionamos anteriormente, é preciso listar informações do ambiente interno e externo de forma que fique simples de visualizar.

Este método é bem fácil de fazer, não exigindo muitos segredos para iniciar, mas quanto mais pesquisas você efetuar, mais rico e melhor será a quantidade de informações que poderão ser trabalhadas.

Confira os passos para montagem:

  1. Escreva todas as suas forças.
  2. Liste os pontos a melhorar em suas fraquezas.
  3. Identifique as oportunidades.
  4. Determine os fatores que são as ameaças para o seu negócio.
  5. Com o apoio de uma planilha de Excel, insira todas essas informações, dividindo-a nas quatro partes.
  6. Cruze as informações para determinar, o que pode ser potencializado, eliminado e o que pode lhe prejudicar.Exemplo:
  • Forças x Oportunidades (Como o mercado pode fortalecer o seu negócio?)
  • Forças x Ameaças (Como combater as ameaças? Solucionando dores que a concorrência não é capaz?)
  • Fraquezas x Oportunidades (Como aprimorar suas “deficiências” através de novos recursos?)
  • Fraquezas x Ameaças (Identificar como você pode ser prejudicado, através de suas fraquezas e como virar o jogo.)

Sente dificuldades em fazer um planejamento do seu negócio?

Se você achou a ferramenta SWOT muito complexa ou não sabe como desenvolver um plano de marketing, sugerimos a leitura do nosso artigo:”Como montar meu planejamento de marketing?” ou se preferir nos colocamos a sua disposição para fazer todo esse trabalho e encontrar as melhores oportunidades para alavancar a sua marca.

Conheça nosso trabalho, acessando o site: www.lynxcomunicacao.com.br

Aproveite e acompanhe-nos nas redes sociais:
Facebook Lynx Comunicação  Youtube Lynx Comunicação   Linkedin Lynx Comunicação  Google + Lynx Comunicação   Instagram Lynx Comunicação

 

Sobre o Autor

Thamyres Rodrigues author

Bacharel em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Apaixonada por filmes, séries, dança e livros de romance e aventura.

Como planejar o seu marketing para 2018 | Lynx ComunicaçãoPostado em9:37 am - dez 22, 2017

[…] você ainda não fez um SWOT do seu negócio, está mais do que na […]

Deixe uma resposta