Buyer persona, você sabe como identificar a sua?

porThamyres Rodrigues

Buyer persona, você sabe como identificar a sua?

Atingir o público certo não é impossível se você tiver conhecimento sobre seus gostos, interesses, atitudes e perfis de modo a construir uma persona. Se apegar apenas a dados gerais como faixa etária, localização e escolaridade não irão te levar muito além, mas ao definir corretamente o seu público seus resultados podem melhorar significativamente.

O quer é buyer persona?

A persona nada mais é do que um personagem do seu comprador ideal mais segmentado através de seus reais interesses e comportamentos. Este é concebido através da criação semi-fictícia de quem seria o seu cliente potencial com base nos perfis de seus clientes atuais ou mesmo de um público que você identificou ser compatível com o seu negócio, através de pesquisas ou entrevistas realizadas on ou offline.

Por que devo construí-la?

Trabalhando com marketing de conteúdo você analisará o quanto precisa conhecer o seu potencial cliente a fundo para atingi-lo no momento em que ele mais estará precisando de você ou do produto que você oferece e agregando valor a isso. Tendo uma ficha detalhada de seu buyer persona auxiliará nos resultados.

Vantagens:

• Uma persona torna o processo mais humano e menos amplo demais.
Ex: Pensar na dona Ana é mais simples do que pensar em desenvolver um conteúdo para as pequenas empresárias.

• Oferecer o melhor discurso, já que entendendo quem é o seu público você saberá que tipo de linguagem, tom e de que forma atingir o seu alvo.

• Saber qual o momento certo de atingir cada público e seu comportamento de compra através da jornada do cliente.
Ex: Desenvolver conteúdos para pessoas que só querem aprendizado no momento ou para pessoas que buscam profissionais que fornecem determinada solução no momento e hora que elas precisam.

• Torna estrategias mais efetivas.

Persona x Público-alvo

Tendo em vista todas essas informações, você deve estar se questionando se os termos se tratam da mesmas coisas ou são completamente diferentes.

Na verdade ambos se completam porém o que define suas diferenças é o fato da persona tratar de um potencial cliente mais bem especificado, tendo um conhecimento mais aprofundado do que um público-alvo que descreve um grupo de pessoas, com a qual você não sabe seus nome ou suas rotinas diárias.

PERSONA
Dona Ana, tem 60 anos, é casada, tem 3 filhas e 5 netos, é uma nata empresária em sua loja de confecções de biquinis e lingeries sob medida. Muito comunicativa, dona Ana, costuma utilizar das redes sociais para conferir tendências e novidades e ofertar o que há de mais moderno e bonito para as suas clientes.

Muito famosa em um bairro na região de Santo André, ela aspira ampliar suas vendas, mantendo sempre a qualidade de seus produtos e ao mesmo tempo se aflige em ter muita demanda e não poder curtir bons momentos com sua família.

PÚBLICO-ALVO
Mulheres entre 30-40 anos, residentes na região do ABC Paulista, gostam de moda, estão sempre conectadas e possuem uma renda familiar de até R$5 mil.

Conseguiu observar a diferença entre as duas? Então bora construir a sua persona, tendo também as informações do seu público-alvo para esta referência.

Como definir minha persona?

Antes de tudo é preciso definir quais informações você precisa ter em mente para ofertar o seu produto ou serviço, por exemplo, hobbies que a pessoa possui, estado civil, o que ela considera relevante? (Família, bem estar, viagens, etc).

Ah, e é muito importante que esta construção seja baseada em dados reais e não fictícios. Sim, você pode pesquisar na internet, criar questionário e solicitar para que outras pessoas os respondam e você identifique seus desejos, medos e até mesmo se ela é um potencial para adquirir seus serviços/produtos.

Como posso estruturá-la?

1) Para auxiliá-lo a estruturar a sua persona, podemos iniciar com:
• Imagem de como esse personagem seria
• Nome e sobrenome
• Idade
• Estado civil (Solteiro, casado, divorciado, viúvo)
• Escolaridade (Ensino fundamental, médio, superior, pós-graduado, mestrado ou doutorado)
• Área de atuação (profissional)
• Localidade (Cidade/Estado)

Informações adicionais:
• Hobbies e interesses (Toca instrumentos, faz caminhada, gosta de viajar, ler, etc)
• Sonhos e frustrações (Onde essa pessoa almeja chegar, o que a impede?)
• Comportamento (Vive nas redes sociais e em quais? Consome blogs? Quais suas rotinas?)

2) Em sequência é importante imprimir esse personagem ou disponibilizar para a sua equipe e juntos pensar, que tipo de conteúdo eu poderia oferecer para a “fulana de tal” (sua persona) que chamaria a atenção dela para comprar nosso produto ou se inscrever na nossa newsletter ou solicitar uma apresentação? por exemplo.

Dúvidas e sugestões?

Se você possui dúvidas sobre buyer persona ou mesmo tem gostado do que vem aprendendo, conte pra gente para que possamos cada vez mais apresentar ferramentas, dicas e soluções para auxiliá-lo a alavancar o seu negócio.

Se você estiver procurando também por empresas de marketing digital, entre em contato conosco para que possamos desenvolver uma proposta atraente e adequada com o tamanho do seu negócio.

Conheça nosso trabalho, acessando o site: www.lynxcomunicacao.com.br

Aproveite e acompanhe-nos nas redes sociais:
Facebook Lynx Comunicação  Youtube Lynx Comunicação   Linkedin Lynx Comunicação  Google + Lynx Comunicação   Instagram Lynx Comunicação

Sobre o Autor

Thamyres Rodrigues author

Bacharel em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Apaixonada por filmes, séries, dança e livros de romance e aventura.

O que é Marketing de Conteúdo? | Blog Lynx ComunicaçãoPostado em9:35 am - jul 5, 2017

[…] Sua persona é sempre o […]

5 dicas para quem está abrindo um e-commerce | Lynx ComunicaçãoPostado em2:55 pm - jul 18, 2017

[…] é o seu público-alvo e persona (perfil, interesses, frustrações e desejos e porque comprariam seu […]

Redes sociais: Gerenciar é melhor do que postar! | Lynx ComunicaçãoPostado em1:02 pm - jan 17, 2018

[…] definir um tipo de linguagem com base no seu tipo de público. Tendo ou não um perfil de persona definido, você saberá como abordar esse tipo de cliente e nas redes sociais não é […]

Deixe uma resposta